Saiba a importância da presença do dono na hora da eutanásia

Saiba a importância da presença do dono na hora da eutanásia

Perguntei ao meu veterinário qual a parte mais difícil da sua profissão. Ele me disse que é quando vai sacrificar algum animal. 90% dos donos preferem não ficar na sala, e quando ele começa a injetar, os animais ficam insistentemente olhando em volta, procurando por seus donos pela sala…

Isso quebrou meu coração.

No segundo texto, bem resumido:

Quando se é dono de algum pet, geralmente ele se vai antes de você.
Quando você o leva para o veterinário para ser sacrificado, você precisa saber de uma coisa: você está no centro do universo para eles, DA VIDA DELES! Eles são apenas parte da sua.
Então eu imploro: Não os deixe! Não faça com que essa transição da vida para a morte seja feita num lugar apenas com estranhos que ele não gosta.

O que as pessoas precisam saber é que ELES PROCURAM POR VOCÊ QUANDO VOCÊ OS DEIXA PARA TRÁS!
Eles procuram em cada face naquela sala por alguém que eles amam. 

Eles não entendem o porque de você tê-los deixado quando estão doentes, com dor, velhinhos, assustados…
Não seja um covarde! Se é difícil para você, imagine para eles que estão no momento mais vulnerável de suas vidas, e pessoas como eu (veterinário) tendo que explicar, olhando eles assustados, que você apenas não está lá…
Por um cansado coração partido veterinário.”

Veterinário Ricardo Duarte

Curtiu a notícia?

Curta também a nossa página

Deixe seu comentário